Review: Focus Puller

The book is available on Kindle (click here to buy) and paperback (click here to buy)

First review in English here!

The author Daniel Hess sent me a message on Instagram to give me a digital copy of the book to review, and I got very excited about that. Let’s go to my opinion of it ⬇️

The book is called Focus Puller, and it offers an insight into one man’s life over decades, as he faces questions about life: family, relationships, sexuality, commitment, health/well-being and our choices. The non-linear and flashback sequence highlights the value of the seemingly small experiences of life and also reflects the imperfect nature of life experience. The book invites readers to think about their own lives; whether the often observations of others “through a lens” is ever applied to the self and our own journey and life experiences.

Focus Puller’s synopsis

The book tells Ben’s story while he discovers love, work and many other things in his life.

He is a photographer trying to find enjoyment in his day-to-day life. While his long-time girlfriend, he lives with his long-time girlfriend, Lily. During the book, we discover what happens between them, so they fall apart.

The book may have explicit content (sex/violence), so it’s recommended for adult readers.

The story swings between past and present and has many narrators, which can be difficult to understand sometimes, but it gives you more information to get the full picture.

I recommend this to people who like books that follow a character during several events of their life.

Did you like the review? Buy it here.

Thanks!

Lembrete: Eu faço parte do programa de afiliados da Amazon. Se você quiser comprar algum produto indicado aqui, toque nos links que estão no post, assim você ajuda o blog a crescer e não paga mais nada por isso. Obrigada 💗

Resenha: Homens Sórdidos – A trilogia dos indignos: Volume I

O livro está disponível no Kindle Unlimited (clique aqui para acessar 30 dias grátis) e à venda em e-book (compre aqui)

Mais uma resenha quentinha pra vocês!

Essa eu demorei, mas é por uma boa razão. Siga meu Instagram para ficar por dentro das novidades.

O livro da vez é Homens Sórdidos do escritor F. H. Hingst, que entrou em contato pra gente fazer essa parceria. Obrigada pela confiança no meu trabalho, Fábio!

Bora então para as minhas considerações!

Doze são os homens sórdidos e suas faces são das mais diversas. O leitor acompanhará desde o mais humilde pescador até um cavalheiro ungido, besuntado de soberba, ou um mercenário violento movido pelo ouro. Trilhará os passos de um caçador, determinado a perseguir uma besta sanguinária, bem como verá através dos olhos de suas vítimas fatais. Também um arqueiro a vigiar, do alto, uma terra conspurcada pelo ódio, ao passo que um líder insurgente, contrário à família indigna que governa num trono roubado, lidera suas tropas através de estradas selvagens. Um salteador egoísta fará quaisquer atrocidades a fim de alimentar sua ganância, em paralelo com um casal de músicos que almeja, apenas, espalhar suas canções para os ouvidos e corações dos habitantes de Wellfare. Histórias inseridas em realidades deturpadas e sangrentas mostrarão a você os limites da sanidade, da ambição e do orgulho.

Sinopse do livro Homens Sórdidos – A trilogia dos indignos: Volume I

Com uma sinopse dessa nem preciso falar que já quero os outros volumes da trilogia né? Hahaha

O livro de pouco mais de 300 páginas é uma boa pedida para fãs de fantasia. Se você tá na vibe House of the Dragon (séria baseada no mundo do Game of Thrones), vale a pena dar uma chance para esse livro nacional.

Aqui você acompanha a história de vários personagens que, no primeiro olhar parecem independentes, mas que vão se interligando ao longo da narrativa. Lembrando que é uma fantasia destinada a um público mais adulto (acima de 16 anos), então tem algumas cenas mais pesadas contendo violência.

Uma coisa que senti que me atrapalhou um pouco ao longo da leitura foi o uso de palavras rebuscadas. Esse recurso é bem utilizado para dar o tom da época em que se passa o livro, mas mesmo assim nada que uma busca rápida no Google não resolva. Sendo assim, eu recomendo a leitura pra quem já tem costume de ler fantasias medievais.

Tirando isso, eu adorei a experiência de ler uma fantasia sombria nacional. O meu personagem favorito foi o Rei Ratazana, que vive no subterrâneo e controla os ratos. Daí já dá pra ter uma ideia do nível da história hahah

Enfim livro recomendadíssimo pra quem curte fantasia.

Até a próxima!

Lembrete: Eu faço parte do programa de afiliados da Amazon. Se você quiser comprar algum produto indicado aqui, toque nos links que estão no post, assim você ajuda o blog a crescer e não paga mais nada por isso. Obrigada 💗

Lidos e próximas leituras (update #1 2022)

Joias: Arcelia (use o cupom ESPELHO)

OI!

Hoje vim dar uma atualizada aqui no blog. Se você já me segue lá no Instagram, sabe um pouco da loucura que tá minha vida agora. Se ainda não me segue, siga aqui. Vou adorar te ver por lá!

Durante os meses de março e abril eu li muita coisa boa. Passe para o lado e veja todos os livros que li, estou lendo e pretendo ler 😁

Todas as resenhas serão postadas lá no insta! No final do post, tem a lista completa com o link para compra na Amazon.

  1. Orgulho e Preconceito – Jane Austen (⭐⭐⭐)*
  2. The Regatta Mystery – Agatha Christie (⭐⭐⭐⭐)
  3. Uma Lágrima pela Vida – Priscila Marcia Mariano (⭐⭐⭐⭐)*
  4. Daisy Jones and The Six – Taylor Jenkins Reid (⭐⭐⭐⭐)
  5. The Murder on the Links (Assassinato no Campo de Golfe) – Agatha Christie (⭐⭐⭐⭐)
  6. O Sorriso da Hiena – Gustavo Ávila (⭐⭐⭐⭐❤️)*
  7. Ladrões de Sonhos – Maggie Stiefvater (lendo)*
  8. Les Miserables – Victor Hugo (lendo)*
  9. Pachinko – Min Jin Lee (quero ler)
  10. The Invisible Life of Addie Larue – V E Schwab (quero ler)

*Livros disponíveis no Kindle Unlimited (teste grátis por 30 dias)

Quer me indicar um livro para ler? Comente nesse post. Estou lendo e amando todas as indicações de vocês! Se você tem um livro e quer fazer parceria com o blog, envie um e-mail para espelholiterario@gmail.com e vamos conversar.

Até a próxima atualização 😉

Lembrete: Eu faço parte do programa de afiliados da Amazon. Se você quiser comprar algum produto indicado aqui, toque nos links que estão no post, assim você ajuda o blog a crescer e não paga mais nada por isso. Obrigada 💗

Resenha: Duas Notas de Cem

O livro está disponível no Kindle Unlimited (clique aqui para acessar 30 dias grátis) e à venda em ebook (compre aqui)

Oii!
Correria por aqui! Como você está?

Voltamos com tudo para as resenhas aqui no blog! Se você já me acompanha no instagram, você já viu algumas resenhas por lá, mas aqui no blog tava em falta, mas…

O autor Danilo Moreira entrou em contato comigo para eu escrever uma resenha do livro de contos dele, Duas Notas de Cem. Obrigada pela confiança, Danilo e bora para as minhas considerações 👇

Temos que “dar nossos pulos” na vida. A maioria das pessoas é assim… É gente que se vira como pode para pagar as contas, seja fazendo mágica com duas notas de cem reais, seja como um engenhoso vendedor de cosméticos ou como jurado barraqueiro num programa dominical. Há também quem vive rodando por aí, na esperança de arrumar emprego.
Há casais cujos namorados parecem ter memória curta ou pouca sorte. Pessoas que são dependentes da hora e não têm tempo para respirar, nem praticar atos de bondade no momento em que o coração pede, nem para dizer um simples “por favor” ou “obrigado”. A curiosidade é capaz de fazer um jovem largar um trabalho importante; outro não sabe o que fazer para o sono vir. Já um menino tem pesadelos com um certo bicho papão… Será mesmo só um pesadelo?
Mulheres se empoderam, mas não esquecem de que são de carne e osso. Já os homens… deixa pra lá. Como dizia o escritor inglês James Payn, “A vingança é um prato que se come frio.” O que fazer quando falta a luz em casa e parece que o tempo parou? E falando em tempo, há quem esteja sentindo bem como ele passou. O que valeu a pena trazer até o presente?
Após a boa recepção de O Homem com Creme de Barbear e outros delírios(também disponível na Amazon), Danilo Moreira está de volta com esta coletânea de contos inéditos! Os textos deste livro são apenas retratos desse mosaico tão diverso que é o ser humano e sua relação com o mundo. E é bom existir essa mistura — até porque somos muito mais do que meros operários de nossas vidas. Somos vivos.

Sinopse do livro Duas notas de Cem (adaptado)

Com 25 contos curtinhos, o livro é uma leitura leve e rápida, boa pra quem gosta de ler sobre o cotidiano e tá querendo algo pra distrair. Toda as histórias têm uma pitada de crítica social e um cenário bem característico brasileiro (no bom e no mau sentido).

9 desses contos me chamaram a atenção:

  • Concurso de atrizes: um conto bem engraçado e real da TV brasileira.
  • E o sono não vinha: um conto muito bom e com um final bem irônico (sem spoiler hahaha)
  • Os três educados: esse eu também gostei pelo humor. Três pessoas e um assento vazio no ônibus, quem vai sentar primeiro?
  • Homem é tudo bobo: um conto que vai desconstruir um pouco o estereótipo de “homem machão”.
  • Léo: pra mim esse foi um dos melhores! Até onde vai o ciúme das pessoas?
  • Ontem e hoje: um conto nostálgico pra quem tá envelhecendo e ainda tem um apego emocional com o passado.
  • Prato frio: poderia ser a cena de um casal qualquer, mas eu adorei a forma que a vingança foi servida 😬
  • A última vez que eu disse por favor e obrigado: um conto bem simples, mas com uma moral (e um final) bem interessantes.
  • O reino de areia: um conto mais “infantil”, mas também com uma lição bem legal e verdadeira.

E aí, gostou de conhecer um pouquinho mais dessa obra? Eu adorei!

Se você também quiser conhecer essas e outras histórias, confira o livro Duas notas de Cem, disponível no Kindle Unlimited e em ebook.

Lembrete: Eu faço parte do programa de afiliados da Amazon. Se você quiser comprar algum produto indicado aqui, toque nos links que estão no post, assim você ajuda o blog a crescer e não paga mais nada por isso. Obrigada 💗

Resenha: Mulato Velho

O livro está disponível em ebook na Amazon e de graça no Kindle Unlimited

Olá amantes da leitura!

Hoje eu vim trazer a resenha de um livro bem Brazuca mesmo. Continue lendo até o fim pra saber tudo dessa história!

O livro dessa semana é o Mulato Velho, da Michelle Louise Paranhos, uma autora brasileira que com esse livrinho de 72 páginas me encantou! Eu li ele por indicação de outro autor nacional, o Eduardo Reghim (a propósito, obrigada Eduardo 😁).

Eu pedi indicações lá no Instagram. Você quer que eu leia algum livro? Indique aqui!

Foi numa dessas sextas-feiras santas do nosso senhor que eu mesmo, ainda moleque, ouvi contado por meu avô de quem herdei o nome, a história de como o peixe Mulato Velho, pescado e preparado pelo Velho BOBO, virou um prato tradicional de Amarílis-cidade que remonta à época da escravatura no Brasil. Com o tempo, eu mesmo passei a contar essas histórias aos turistas de Amarílis, assim como conto agora para vocês. Se é verdade verdadeira ou não, não sei dizer, mas conto do mesmo jeito que ele me contou, há muitos anos.

Roberto, personagem do livro Mulato Velho

O livro é dedicado ao público infanto-juvenil, mas se você gosta de histórias do folclore brasileiro, tenho certeza que vai gostar também! Ao final da edição que eu li, a autora conta como uma simples receita de um almoço em família deu origem à história de Bobo, Nico e do Boto.

Mas não se engane em achar que o livro é uma leitura simples. O começo (um pouco arrastado, tenho que dizer) é conta um pouco sobre os tempos de escravidão no Brasil e dá um apanhado geral do que foi e as consequências desse período tão terrível da nossa história.

Ele é uma leitura recomendável para crianças a partir de 9 anos, mas pode ser que surjam várias perguntas na cabeça delas. Então é um livro que pode gerar um ótimo debate para a família ou na escola, enquanto a criança desenvolve um olhar crítico acerca das desigualdades do país.

Para grande parte dos negros, a liberdade cobrou um preço muito alto, obrigando muitos deles a permanecer na fazenda onde outrora foram escravos…

Frase do livro Mulato Velho


Acompanhe Roberto nessa aventura e conheça as histórias de BOBO, do menino Nico, e do Boto e se encante com as origens de nossa identidade cultural. Através desse mosaico de receitas culinárias, magias e lendas, Mulato Velho revela-se uma saborosa colcha de retalhos costurados com palavras.

Lembrete: Eu faço parte do programa de afiliados da Amazon. Se você quiser comprar algum produto indicado aqui, toque nos links que estão no post, assim você ajuda o blog a crescer e não paga mais nada por isso. Obrigada 💗