O que eu aprendi com o filme Aves de Rapina

Oi gente, tudo bem com vocês?

Hoje eu vim falar um pouco sobre o filme Aves de Rapina – Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (2020). Depois das críticas pesadas em cima do filme Esquadrão Suicida (2016), a DC decidiu apostar em mais um filme da Arlequina. Só que dessa vez a promessa do filme era empoderar a ex-namorada do Coringa.

Um dos meus grandes problemas com filmes de super-heróis é a sub representação feminina. Geralmente nesses filmes, as mulheres aparecem como par romântico ou muito sexualizadas, usando roupas curtas e justas. E foi o caso da Arlequina no filme Esquadrão Suicida. Porém, no filme Aves de Rapina, a situação mudou.

Lançado em fevereiro de 2020, o filme vai mostrar a Arlequina (Margot Robbie) após terminar o namoro com o Coringa e se juntando a Canário Negro (Depois de se aventurar com o Coringa, Arlequina se junta a Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell), Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), e a policial Renée Montoya (Rosie Perez) para salvar a vida de uma garotinha de um perigoso criminoso de Gotham City.

E hoje eu vim compartilhar com vocês o que eu levei comigo desse filme fantabuloso 🥰

1 – Você pode sair de um relacionamento tóxico e sobreviver a isso

Na época em que saiu o filme do Esquadrão Suicida, muitos casais falavam que queriam ser igual o Coringa e a Arlequina, porém, esse relacionamento era muito tóxico. Por quê? Bem, o Coringa é um vilão psicopata que usa, agride e manipula a namorada, a ponto de ela abrir mão da sua sanidade mental (e isso só usando como base o filme do Esquadrão, porque nos quadrinhos e no desenho acontecem coisas muito piores).
E eu fiquei muito chateada no primeiro filme que (spoiler) eles ficam juntos no final. Mas no começo desse filme eles já se separaram e ela luta pra sobreviver sem seu pudinzinho, o que eu achei um ótimo exemplo para todas as mulheres que passam por um relacionamento abusivo e precisam sair dele. Tudo bem que depois ela fica amiga de uma hiena, mas pelo menos o palhaço já foi…

2 – Mulheres não precisam ser sexualizadas para serem boas heroínas, vilãs ou anti-heroínas

Em Esquadrão Suicida, a Arlequina usava um shortinho minúsculo, além de quase uma coleira com o apelido que ela chamava o Coringa, “pudinzinho” e uma camiseta escrito “Pequena monstra do papai”, ou seja, do Coringa.
No segundo filme, ela já usa roupas mais normais e divertidas, que têm como objetivo refletir a personalidade excêntrica da personagem e não que ela está submissa ao namorado/ex.

3 – Você pode fazer amizade com outras mulheres sem que isso vire uma competição

Outro ponto sensacional do filme pra mim é que em vez de ter um grupo de amigos que só tem homens (igual no primeiro filme), aqui a Harley encontra amigas mulheres. E juntas elas vão lutar pelo mesmo objetivo e não tem uma competição entre elas. E todas elas têm personalidades diferentes, mas se combinam de uma forma. Tem até uma cena bem simples, mas poderosa para as mulheres em que a Arlequina empresta um elástico de cabelo para a Canário Negro no meio da luta, sei lá, eu me identifiquei kkkk


Bom, é claro que eu sei que os estúdios de cinema se aproveitaram da nova onda do feminismo para colocar mulheres mais empoderadas nos seus filmes e também só me baseei nos filmes porque não li os quadrinhos. Mas o meu ponto é que essa onda de filmes com mulheres empoderadas facilita para nós mulheres entender o que realmente somos e que podemos fazer muito mais do que ficar esperando o mocinho (ou no caso o vilão) salvar a gente. Podemos contar com nós mesmas e com nossas amigas para sermos muito melhores que eles 😁

Por hoje é isso, pessoal! Gostou do texto? Você já tinha refletido sobre esses assuntos? Conta pra mim nos comentários!

Ah esse mês vou começar um projeto com newsletters semanais pra apoiadores aqui do blog! Toda semana eu envio as novidades e notícias da semana direto no seu e-mail (e ainda estou pensando em alguns mimos)! Para participar, clique no botão abaixo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: