Recomendação de livro

Resenha de livro: Cova 312

Daniela Arbex, 2015
Livro-reportagem, História do Brasil
344 páginas
Amazon I Submarino
⭐⭐⭐⭐

Menos de dois anos depois de seu surpreendente best-seller de estreia, “Holocausto brasileiro”, Daniela Arbex volta com mais um livro corajoso e revelador. Escrito como um romance, nele se conta a história real de como as Forças Armadas mataram pela tortura um jovem militante político, forjaram seu suicídio e sumiram com seu corpo. Daniela Arbex reconstitui o calvário deste jovem, de seus companheiros e de sua família até sua morte e desaparecimento. E continua investigando até descobrir seu corpo, na anônima Cova 312 que dá título ao livro. No final, uma revelação bombástica muda um capítulo da história do Brasil. Uma história apaixonante, cheia de mistério, poesia, tragédia e sofrimento.

Eu já tinha falado que estava lendo esse livro aqui blog no post de 7 livros nacionais pra tirar da estante e hoje eu venho trazer o que eu achei dessa leitura. Como eu disse por lá, ele apresenta cenas reais e bem pesadas, mas infelizmente necessárias pra gente entender um capítulo da nossa história que aos poucos parece estar sendo esquecido. Ao fazer essa leitura, não tem como negar as torturas que aconteceram no período da ditadura militar. O livro te abre os olhos pra tanta coisa que aconteceu de errado nesse período e para algumas autoridades que tentam esconder até hoje os erros e crueldades do passado. 

Como é um livro de não ficção, não tomei cuidado para evitar possíveis spoilers, se você quiser conhecer a história completa, recomendo a leitura do livro. Daniela traz à luz uma parte da história desconhecida até para a família de Milton, o jovem que foi enterrado na cova 312. Ele foi o único presidiário que foi encontrado morto na sua cela na Penitenciária de Linhares. As autoridades da época afirmavam que ele havia cometido suicídio, apesar de todas as evidências apontarem para morte devido a tortura.

Ela narra em forma de romance, trazendo vários nomes e personagens da nossa história que lutaram contra a ditadura. Ela conta tudo através de documentos que encontrou na investigação, entrevistas que realizou e até conta sobre como chegou às informações e às conclusões que ela relata aqui. Se você gosta de investigações jornalísticas, esse livro é um prato cheio.

Para quem não sabe, eu fiz faculdade de Jornalismo e gosto muito de livros que falam sobre investigações reais. Nesse livro, eu fiquei especialmente impressionada pela coragem da autora de ir atrás e investigar a fundo essa história. Algumas vezes eu me imaginei no lugar dela e não acredito que eu faria metade desse trabalho tão incrível. O único ponto negativo que eu achei do livro é que às vezes ficamos perdidos com a quantidade de histórias e fatos que Daniela menciona, às vezes eu precisava voltar a leitura para ver de qual pessoa ela estava falando. Mas isso só prova o quanto a apuração dela foi completa.

Em 2020, é muito triste ler um livro assim e saber que os horrores da ditadura não acabaram. Imagina você ficar atrás do corpo de uma pessoa querida por anos, sem nem saber se ela está viva ou morta. Da autora, eu também li Holocausto Brasileiro, outro livro importantíssimo sobre uma parte da história brasileira que muitos tentam esconder, mas que fez diversas vítimas. Os dois livros são recomendadíssimos pra quem quer conhecer mais sobre a História do Brasil.

E você já leu Cova 312? Quer ler? Me conta o que você achou nos comentários. 

2 comentários em “Resenha de livro: Cova 312”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s